Da série “os melhores empregos do mundo”: Google está pagando 20 dólares a hora para motorista do Arizona testarem um carro autônomo.

De acordo com o anúncio da vaga, o motorista (ou operador de veículos autônomos, como o Google chama) não pode ter nenhum ponto na carteira, nem antecedentes criminais, precisa ter um diploma de ensino superior e a capacidade de digitar pelo menos 40 palavras por minuto .

O trabalho envolve dirigir de 6 à 8 horas por dia em uma equipe de duas pessoas, cinco dias por semana enquanto acompanha os sistemas do carro com “foco constante” e preencher relatórios diários.

“(Os Test Drivers) dão aos nossos engenheiros feedback sobre como os nossos carros estão circulando e interagindo com os outros na estrada, e pode tomar o controle do veículo, se necessário,” Brian Torcellini, chefe de operações para o programa de testes do carro autônomo do Google, disse à um jornal local do Arizona.

O anúncio de emprego veio cerca de um mês depois que o Google anunciou que iria expandir seu programa de testes para Phoenix, no Arizona.

Google disse na época que quer aproveitar as condições desérticas da área de Phoenix e testar como seus veículos autônomos se comportam com altas temperaturas.

Google já opera programas de teste em Mountain View, Califórnia, bem como Austin, Texas, e Kirkland, Washington.

Gostaria de se candidatar a essa vaga se pudesse? Compartilhe sua opinião no espaço dos comentários.

Gostaria de ficar por dentro de mais noticias interessantes? Então siga o Blog do Canal da Peça no Twitter e não deixe de passar no Canal da Peça para saber o que há de melhor no mundo automotivo.

Fonte: Mashable

Sobre o autor

O Canal da Peça é um portal de compra e venda de peças. Ajudamos as pessoas que buscam consumir ou vender peças de carros, motos, caminhões, ônibus, tratores e industriais. Nossa missão é dar informações para o comprador saber onde, quando e como comprar uma peça de forma segura e rápida.

Deixe seu comentário